Os cálculos renais têm origem numa combinação de fatores genéticos e ambientais. Entre os fatores de riscos estão a quantidade excessiva de cálcio na urina, obesidade, determinados alimentos, dieta hipersódica, alguns medicamentos, suplementos de cálcio, hiperparatiroidismo, gota e ingesta de pouco líquido; alguns são assintomáticos, e em outros podem provocar dor intensa na parte inferior e posterior do abdômen, ardor, dor e dificuldade para urinar, assim como sangue na urina, náuseas e vômitos. Quando causa sintomas, geralmente a primeira medida é a administração de analgésicos como AINEs ou opioides, bem como medicações para eliminar o cálculo; para cálculos grandes podem ser realizadas intervenções como a litotripsia, ureteroscopia ou nefrolitotomia percutânea. O diagnóstico baseia-se nos sinais e sintomas, exames de urina, imagem e sangue... Cerca de 60% dos pacientes, irão apresentar um novo episódio em dez anos. A prevenção com aumenta da ingestão de líquidos, devendo afastar os fatores de risco. Quando isto não é suficientemente eficaz, podem ser administrados algumas medicações para auxílio no tratamento.
#nefrologia #medicina