O PCdoB e o PROS decidiram mover uma ação na 1ª Fazenda Pública pugnando que a Justiça suspenda a sessão da Câmara de Vereadores de Jacobina do último dia 07 de dezembro de 2016 em que aceitou o pedido para se reapreciar as contas da ex-prefeita Valdice Castro, referentes ao ano de 2012, que foram rejeitadas pelo Parlamento Municipal, em março de 2015.

Com o acatamento por parte da Câmara de Vereadores do requerimento da ex-prefeita, o parlamento pode reformar a sua própria decisão. O PCdoB e o PROS questionam o porquê do pedido de reconsideração da análise de suas contas chegarem somente agora.

O juiz substituto da 1ª Vara da Fazenda Pública, Dr. Marley Cunha Medeiros, decidiu se reservar a apreciar o pedido de liminar em até 24 horas até a manifestação por parte do presidente da Câmara, o vereador Clériston Alves (PPS).

A Câmara de Vereadores, em 2015, seguiu parecer opinativo do TCM-BA que pedia a rejeição das contas da ex-gestora. À época votaram pela rejeição das contas da ex-prefeita Valdice Castro os vereadores: Clériston Alves (PPS), Batista do Junco (PP), Ramon Santos (PSC), Cecílio Júnior (PMDB), Dr. Pedro (PMDB), Pastor Fábio Miguel (PSC), Dibas Jatobá (PV), Carlinhos da Caixa (PCdoB), Milton Sena (PSB) e Tiago Dias (PROS).