por Luiza Leão, Merto 1/ Foto: Marcello Casal/Agencia Brasil

A prefeita e a vice-prefeita de Mamanguape, município da Paraíba, tiveram os mandatos cassados por compra de votos. Maria Eunice do Nascimento Pessoa (PSB) e a vice Baby Helenita Veloso Silva (PRTB) teriam oferecido supostos empregos, dinheiro, combustível e até cachaça aos eleitores. Além disso, as duas são investigadas por abuso de poder econômico durante as eleições municipais de 2016.

A decisão de suspender os mandatos foi proferida nesta terça-feira (17) pela juíza Juliana Duarte Maroja, da 7ª Zona Eleitoral, em Mamanguape, Litoral Norte paraibano. Os advogados tentam recorrer da decisão, que ainda cabe recurso.

A prefeita e vice da cidade paraibana também foram declaradas inelegíveis por oito anos. As multas chegam a R$ 53.205, “considerando a condição econômica de cada uma”, a “gravidade das condutas” e “as temerárias consequências para o regime democrático”.